Informamos que a ANVISA suspendeu a distribuição a comércio de vários lotes de soluções de clorexidina degermante (2 e 4%), aquosa (1%) e alcoólica (0,5%), da empresa Rioquímica, que se comprometeu a trocar os lotes do IPPMG por outros adequados até o final desta semana.

 

  Como os frascos de clorexidina degermante não constavam dos lotes a serem recolhidos, estão disponíveis para uso.

 

  Sendo assim, a Direção sugere que, no preparo de pele para procedimentos invasivos, seja utilizada a clorexidina degermante disponível e, após, finalizar a técnica com a aplicação de solução alcoólica antisséptica no lugar da clorexidina alcoólica.

 

 

crachaippmg

 

Edital do Mestrado em Saúde Materno-Infantil 2018.1 - Retificado

 

 

 

EDITAL MULTIPROFISSIONAL GERAL

EDITAL COMPLEMENTAR - ENFERMAGEM

 

 

 

 

 

 

 

 

  O bem-estar de funcionários e pacientes é primordial para esta Direção. Por isso, investimos uma grande quantia na aquisição de aparelhos de ar condicionado e os benefícios já estão sendo sentidos por todos. Todavia, os custos de energia aumentaram. Este problema não é apenas do Instituto, visto que a Reitoria da UFRJ lançou, ano passado, a campanha “Essa conta é de todos”, iniciativa com apoio da Prefeitura da Universidade, cujo objetivo é exatamente reduzir o consumo de energia elétrica, uma das contas que mais pesam no orçamento da UFRJ.

 

  Em anexo, os custos de luz do IPPMG de Janeiro a Maio, mostram a necessidade de nos adequarmos. Independente da estação, a discussão sobre redução de custos com a energia elétrica está cada vez mais frequente. No verão, a utilização do ar condicionado aumenta, a apreensão com a luzes acesas dobra, e os recursos do hospital ficam mais escassos.

 

  Por isso, pedimos a ajuda de todos. Com atitudes simples, como nas imagens anexas, podemos ajudar o Instituto e, consequentemente, a UFRJ.

 

 

campanhaenergia3

UFRJ IPPMG - Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira
Desenvolvido por: TIC/UFRJ