302 Found

Found

The document has moved here.

DIR. ADJUNTA ATIVIDADES ACADÊMICAS

O residente do segundo ano tem a vivência de sete meses de pediatria hospitalar e três meses de pediatria ambulatorial e um rodízio opcional.

 

  1. Rodízio opcional

Estimula-se que o R2 selecione um estágio opcional, com duração de 4 semanas, fora do IPPMG, no Brasil ou no Exterior, que promova o aprimoramento do conhecimento e das habilidades pertinentes ao programa de Residência Geral em Pediatria.

 

  1. Estratégia canguru

Neste momento o R2 atuará no berçário de crianças com necessidades semi-intensivas arroladas na Estratégia Canguru na Maternidade Escola da UFRJ, complementará ainda sua vivência em neonatologia nos ambulatórios de egressos da UTI neonatal daquela unidade hospitalar.

 

  1. NESA

Neste momento o R2 atuará no único serviço para internação de pacientes adolescentes no Estado do Rio de Janeiro localizado no Hospital Universitário Pedro Ernesto da UERJ.

 

  1. Enfermaria de pediatria

Durante o segundo ano da residência o residente tem a possibilidade, de experimentar a vivência da pediatria hospitalar em três das quatro enfermarias clínicas do IPPMG.

           

  1. Treinamento em urgência e emergência

O R2 rodará durante um mês com complementação da carga horária em plantões noturnos e nos finais de semana.

 

  1. Especialidades pediátricas ambulatoriais e pediatria geral

Ao longo do segundo ano de residência, o aluno vivenciará as áreas de atuação pediátricas tanto nas enfermarias quanto nos ambulatórios específicos nomeados como D e E.

Durante os meses de permanência do R2 no IPPMG, o mesmo terá uma tarde de ambulatório fixo por semana quando será possível fazer o acompanhamento pediátrico dos seus pacientes sob a supervisão de um preceptor determinado pela coordenação da UPE.

 

  1. UTI Pediátrica

Durante o segundo ano de residência o residente atuará durante um mês na UTI pediátrica do IPPMG onde vivenciará todo o processo de assistência ao paciente criticamente enfermo desde sua admissão até a alta da unidade.

 

  1. Plantões e visitas

Os plantões semanais poderão ocorrer tanto na UPI quanto na UTI de acordo com a escala, pactuada entre os residentes.

Quando o residente estiver na Maternidade Escola, os plantões semanais e de final de semana são cumpridos naquela instituição, a exceção à regra são os plantões de feriado, quando o R2 cumpre escala anual, previamente pactuada entre os seus pares, no IPPMG.

Na UTI pediátrica farão um plantão de dia de semana e visitas nos finais de semana durante o período de estágio naquele setor além de plantão no final de semana de acordo com escala da unidade.

Quando estiver lotado na emergência o residente passará vistas durante os finais de semana e feriados, de acordo com o pactuado entre os residentes internos e externos ao IPPMG naquele mês.

 

  1. Folgas

O residente terá direito a uma tarde de folga durante o ano, ocorrendo idealmente após a realização dos plantões.

 

UFRJ IPPMG - Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira
Desenvolvido por: TIC/UFRJ