Por: Teresa Santos (colaborou Dra. Ilana Polistchuck) 

 

Em 2017, um estudo randomizado publicado no periódico Pediatric Critical Care Medicine associou a expansão volêmica rápida (bolus de 20 mL/kg; 5 a 10 min) a aumento do risco de intubação orotraqueal em crianças em choque séptico – em comparação com a expansão volêmica mais lenta (bolus de 20 mL/kg; 15 a 20 min). [1]

Segundo a Dra. Vanessa Lanziotti, intensivista pediátrica do Instituto de Pediatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), hoje em dia sabe-se que os fluidos desempenham um papel semelhante ao dos medicamentos, apresentando prós, contras e até mesmo efeitos adversos importantes. Por essa razão, é necessário otimizar o seu uso.

Este tema foi alvo de debate em uma sessão, moderada pela Dra. Vanessa, do XVI Fórum Internacional de Sepse, realizado em maio, no Rio de Janeiro.

 

Texto completo em: https://portugues.medscape.com/verartigo/6503568

 

 

 

Período: 9 de Junho de 2019 
Local: Orla de Copacabana com a saída em frente ao Hotel Copacabana Palace
Cidade: Rio de Janeiro / Brasil 
Descritivo:

Cartaz

Programação

 

 

 

Período: 8 de Junho de 2019 
Local: Centro Universitário Serra dos Órgãos
Cidade: Teresópolis / Brasil 
Descritivo:

Folder
Inscrições

 

 

 

Período: 30 de Maio de 2019 
Coordenação: Dra. Andreia de Santana Silva Moreira 
Local: Rua Voluntários da Pátria nº 445 cobertura.
Cidade: Rio de Janeiro / Brasil 
Informações:

Público Alvo: residentes e profissionais médicos interessados na área.

Informações Adicionais: Toda a última quinta-feira do mês, às 18h - Não há necessidade de inscrição.

 

 

 

Período: 28 de Maio de 2019 
Coordenação: Dra. Eliane Garcez da Fonseca 
Local: Sede da SOPERJ - Rua da Assembleia, 10 - sala 1812 - Centro
Cidade: Rio de Janeiro / Brasil 

Descritivo: Cartaz

 

 

 

UFRJ IPPMG - Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira
Desenvolvido por: TIC/UFRJ