302 Found

Found

The document has moved here.

DIR. ADJUNTA ATIVIDADES ACADÊMICAS

 

Por: Michelle E. Grady

 

Até 18% dos pré-adolescentes entre 11 e 13 anos têm ideação suicida, mostra nova pesquisa.

Os resultados do estudo longitudinal de acompanhamento em três fases mostraram que 15,9% dos meninos e meninas pré-adolescentes tiveram ideação suicida na primeira fase e 18,2% e 18,0% na segunda e terceira fases, respectivamente.

"Apesar da melhora geral na saúde, as taxas globais de comportamento suicida ainda são altas, e os suicídios ocorrem em todas as regiões do mundo e em todas as idades", escreveram os pesquisadores, liderados pela primeira autora, Dra. Núria Voltas, da Rovira i Virgili University, na Espanha.

Os pesquisadores também analisaram os fatores de risco de ideação suicida nos participantes e descobriram que sintomas depressivos, ansiedade e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) eram os principais fatores, e que eles diferiam por gênero.

 

"Nos meninos são os sintomas depressivos anteriores que determinam a ideação suicida subsequente", observou a Dra. Núria em um comunicado à imprensa. Nas meninas é uma combinação de sintomas de ansiedade, TOC e a situação socioeconômica da família, acrescentou ela.

O estudo foipublicado on-line em 22 de abril no periódico Archives of SuicideResearch.

 

Texto completo em: https://portugues.medscape.com/verartigo/6503897

 

 

 

Os especialistas interessados em fazer o exame de obtenção do Certificado em Nutrologia Pediátrica têm até o dia 5 de setembro para efetuar sua inscrição. O concurso é realizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em comissão paritária com a Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e a Associação Médica Brasileira (AMB).

CLIQUE AQUI PARA LER O EDITAL E FAÇA A SUA INSCRIÇÃO.

O candidato deverá acessar o site da SBP, preencher a ficha de inscrição, imprimir o boleto de cobrança bancária referente à taxa de inscrição e proceder com o pagamento em qualquer agência bancária. Após, deverá encaminhar até o dia 6 de setembro, obrigatoriamente, os documentos listados no edital, através de SEDEX ou qualquer outra forma de postagem similar e segura, para a sede da SBP.

O cartão de confirmação de inscrição estará disponível no site da SBP a partir do dia 16 de setembro. A avaliação dos candidatos ocorrerá da seguinte forma: prova teórica, composta por 40 questões de múltipla escolha; prova teórico-prática, constituída por 20 questões de múltipla escolha ou verdadeiro/falso baseadas em quatro casos clínicos simulados.

Ambas as provas serão aplicadas durante o 39º Congresso Brasileiro de Pediatria (CBP), em Porto Alegre (RS), no dia 8 de outubro. Também haverá a avaliação curricular de cada examinado.
O gabarito definitivo e o resultado final estarão disponíveis para consulta até o dia 27 de dezembro, no site da SBP.

 

 

 

 

A depressão na infância e adolescência tem sido foco de estudos internacionais devido ao aumento de sua prevalência nos últimos anos. Além disso, pesquisas recentes relacionam a depressão na vida adulta com fatores de risco na gestação e na primeira infância. O tema foi abordado no novo documento científico produzido pelo Departamento Científico de Desenvolvimento e Comportamento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).
 
ACESSE AQUI A ÍNTEGRA DO DOCUMENTO.
 
Embora a prevalência real da depressão ainda seja desconhecida no Brasil, estima-se que a doença está se tornando um problema de saúde pública, pois dados de tentativas ou consumação de suicídios têm aumentado na adolescência e em idade cada vez mais precoce. Estudo realizado na cidade de Recife, por exemplo, demonstrou que as prevalências de sintomas depressivos expressivos e de ansiedade se igualaram a 59,9% e 19,9%, respectivamente, em adolescentes de 14 a 16 anos naquela capital.

 

Texto completo em: https://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/aumento-da-depressao-na-infancia-e-adolescencia-preocupa-pediatras/

 

 

 

Período: 4 de Setembro de 2019 
Coordenação: Dr. Édio Cavallaro 
Local: Sede da SOPERJ - Rua da Assembleia, 10 - sala 1812 - Centro
Cidade: Rio de Janeiro / Brasil 
Informações:

Inscrições pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Público Alvo: sócios quites SOPERJ/SBP e alunos do 6º ano de medicina (apresentar documentação que comprove o período).

Descritivo:

15-folder_divulgacao_04_09_19__2_.jpg

 

 

 

Um novo ensaio clínico randomizado estabelece as bases para o uso do anticoagulante oral direto rivaroxabana como possível opção terapêutica para crianças e adolescentes com tromboembolia venosa (TEV).

As conclusões do estudo indicam baixo risco de recidiva e de quantidade de trombos no tratamento com rivaroxabana ajustada pelo peso em comparação com o tratamento anticoagulante convencional nos pacientes com tromboembolia venosa até os 18 anos de idade, sem causar mais sangramento,

"O EINSTEIN-Jr é o maior estudo pediátrico já realizado para o tratamento da tromboembolia venosa e mostra que o perfil de eficácia e segurança da rivaroxabana em uma população infanto-juvenil com TEV é comparável ao observado em estudos anteriores de adultos com este quadro", disse ao Medscape o Dr. Christoph Male, médico e primeiro pesquisador da Medical University of Vienna, na Áustria.

 

Texto completo em: https://portugues.medscape.com/verartigo/6503826

 

 

UFRJ IPPMG - Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira
Desenvolvido por: TIC/UFRJ