Vacina Tríplice Viral no IPPMG

vacina triplice viral

Sonhando Juntos

  O Sonhando Juntos é um projeto da ONG Sonhar Acordado e há mais de dez anos possui a tarefa de levar alegria e esperança a crianças internadas em cinco hospitais públicos (IPPMG, HUPE, Hospital da Lagoa, Hospital Jesus e Hemorio) e em duas casas de apoio (Casa de Apoio a Criança com Câncer Santa Teresa e Casa de Apoio a Criança com Câncer São Vicente de Paulo). No IPPMG, o projeto iniciou sua atuação em Novembro de 2015.

  Composto por jovens voluntários dispostos a fazer o bem através do exercício dos valores ensinados durante as formações bimestrais que ocorrem na sede da ONG, estes desenvolvem ações educativas e recreativas durante os fins de semanas, possuindo como objetivo principal a disseminação de tais valores, bem como a descoberta de possíveis sonhos que possam se tornar realidade.

  Sempre que um sonho é descoberto, ocorre uma mobilização em conjunto com todos os voluntários e parceiros do projeto para que ocorra a concretização do mesmo. Acreditamos que o incentivo às aspirações de nossas crianças é parte fundamental do processo de formação da personalidade, bem como um instrumento facilitador para o resgate de novos recomeços e da infância saudável dos pacientes.

  Desde o início da atuação no IPPMG, o Sonhando Juntos identificou e realizou dois sonhos muito especiais ao longo das visitas e conversas entre voluntários e crianças no decorrer das atividades, foram eles: o sonho da Nyna, que deseja se tornar uma veterinária e o do Ryann, que busca tornar-se um marinheiro.

Relatório de Satisfação - 2º Trimestre 2016

 

 

 

Clique aqui para abrir o resumo do Relatório de Satisfação do Usuário - 2º Trimestre de 2016

 

 

 

intervenções no trânsito da Cidade Universitária - Rio 2016

 

 

TRÂNSITO NA CIDADE UNIVERSITÁRIA MUDA NA SEGUNDA

 

  A partir desta segunda-feira, dia 18 de julho, a Cidade Universitária se torna de fato rota das delegações olímpicas e terá várias alterações no tráfego. A maioria das mudanças atinge principalmente quem costuma utilizar o campus como alternativa para os congestionamentos das vias expressas. Assim, é desnecessário o cadastramento de veículos ou autorizações específicas para estudantes, professores, trabalhadores ou residentes da Ilha do Fundão. As dispensas ao trabalho também estão previstas apenas nos dias 5, 18 e 22 de agosto, quando foram estabelecidos feriados municipais. A CET- Rio vai interditar a Ponte do Saber, entre 6h e 15h, e apenas ônibus estão fora da restrição.

  Aqueles que chegam à Cidade Universitária para trabalhar ou estudar poderão sair à tarde pela ponte estaiada para a Linha Vermelha. No sentido inverso, para diminuir o fluxo de veículos, o Acesso 3, a partir da Linha Amarela e da Linha Vermelha terá um sistema de fiscalização eletrônica que restringirá o tráfego, em dias úteis, entre 15h e 21h, para o uso da Família Olímpica (delegações e autoridades) ou de quem tem como destino a universidade ou empresas dos campus. Câmeras especiais vão identificar as placas dos veículos, tanto nos acessos de entrada quanto de saída do campus, multando aqueles que cruzarem a Ilha do Fundão abaixo do tempo médio estimado para o fluxo de veículos naquele período, o que irá configurar o uso das vias da universidade como rota alternativa.

  Pela lógica, integrantes da comunidade acadêmica e das empresas sediadas na Cidade Universitária permanecerão no campus por um tempo acima do predeterminado, razão pela qual não precisarão se preocupar com cadastramentos ou maneiras de se identificar. Para exemplificar, imaginemos hipoteticamente que se um carro leva 10 minutos para cruzar a Ilha do Fundão do Acesso 3 até a Avenida Brigadeiro Trompowsky e qualquer motorista que passar dentro ou abaixo desse período de tempo será multado. No entanto, se alguém permanecer ou parar por alguns minutos a mais, mesmo que seja indo ao escritório ou unidade só para pegar um documento, levará um tempo maior, demonstrando vínculo com atividades realizadas no campus. Esse sistema de fiscalização, de acordo com a CET-Rio, também será utilizado em outros pontos da cidade como, por exemplo, na Avenida Niemeyer, Zona Sul do Rio.

 

Faixas exclusivas

 

  Faixas exclusivas foram pintadas no asfalto da Cidade Universitária indicando o caminho para as delegações e autoridades que participarão dos Jogos Olímpicos. No campus, há dois tipos: a compartilhada e a prioritária. A "faixa compartilhada", toda tracejada, é liberada ao tráfego em geral, mas é proibido o estacionamento ao longo da pista demarcada. Em outros pontos, as linhas contínuas pintadas de verde no asfalto indicam a "faixa prioritária" (destinada à família olímpica, aos ônibus e aos táxis). Na Ilha do Fundão, não há a "faixa dedicada" (só para veículos autorizados). A multa para quem trafegar irregularmente nas faixas prioritárias e dedicadas será de R$ 1,5 mil, mas as restrições de circulação nas vias exclusivas passarão a valer a partir de 31 de julho.O trecho demarcado na Cidade Universitária passa ao lado da Estação de BRT, depois pela Rua Professor Rodolpho Paulo Rocco (em frente ao Hospital Universitário Clementino Fraga Filho), Avenida Carlos Chagas Filho, Avenida Horácio Macedo, Rua Maria Paulina de Souza (indo sentido Barra) e Rua Lobo Carneiro. No sentido Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, a demarcação passa pela Rua Milton Santos e contorna a praça Giulio Massarani.A CET-Rio irá orientar todos os motoristas por meio de sinalização especifica, como placas, faixas e pinturas e painéis de mensagens variáveis, sendo desnecessário o cadastramento de integrantes da comunidade universitária que vem para estudar ou trabalhar na UFRJ ou moram na Vila Residencial e no Alojamento Estudantil. Quem quiser melhor se informar deve consultar o site: http://www.cidadeolimpica.com.br/servicos/mobilidade/

 

Restrição aos veículos de carga

 

  Entre os dias 18 de julho e o dia 18 de setembro, veículos de carga estarão proibidos de circular dentro dos perímetros determinados pela CET-Rio. No polígono expandido e Linha Amarela, o horário de restrição é das 6h às 11h e das 17h às 21h. Já no polígono Centro/Zona Sul, a restrição é das 6h às 21h e somente veículo urbano de carga (com largura máxima de 2,70m e comprimento máximo de 7,20m) poderão circular das 11h às 17h. É recomendável que as empresas e unidades acadêmicas entrem em contato com as empresas prestadoras de serviço para agendar horários de entrega de encomendas na Cidade Universitária.

 

Intervenções no trânsito RIO2016 OK

 

Controle dos portões de estacionamento do IPPMG

 
COMUNICADO
 
  A Direção Geral do IPPMG, considerando os últimos acontecimentos no entorno do ambulatório Materno Infantil, informa que, a partir do dia 23/06/2016 (5ª feira), passará a controlar efetivamente a entrada de pedestres pelos portões do estacionamento entre a Portaria Nobre e o ambulatório Materno Infantil. A rampa de acesso à rua Bruno Lobo ficará fechada, em função do precário estado da referida via.
 
  Informamos que a referida medida será reavaliada em intervalos curtos de tempo, para verificação dos impactos. A Diretoria Administrativa do IPPMG estará recebendo e registrando as ocorrências para serem avaliadas.

Comunicado sobre materiais de divulgação no IPPMG

 COMUNICADO

 

  Informamos que a partir da presente data, todos os cartazes, banners e panfletos contendo promoção de eventos, palestras, programas de humanização e coisas do gênero deverão ser aprovados pela Assessoria de Comunicação (localizada no Gabinete da Direção), antes de serem divulgados nas dependências do IPPMG.

 

  Sendo assim, os materiais de divulgação que estiverem afixados nos quadros de avisos ou sendo distribuídos nos respectivos Setores sem o carimbo da Assessoria de Comunicação, serão retirados do local.

 

  Esta medida visa uma melhor adequação dos textos e imagens veiculados no Instituto.

UFRJ IPPMG - Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira
Desenvolvido por: TIC/UFRJ